Como poupar dinheiro todos os meses

9.3.2020 (Tempo de leitura: 10 min.)

Blog

Aquele velho ditado, de grão em grão a galinha enche o papo, é totalmente verídico. Devagar e aos poucos sua poupança vai aumentar sem que você perceba, graças aos seus esforços no dia a dia.

Não é uma tarefa fácil, mas pode ser realizada. Claro que se a sua recompensa mensal for baixa, poupar dinheiro é algo muito, muito complicado. Mesmo assim é importante tentar limitar seus gastos e buscar alternativas baratas.

Será preciso estabelecer algumas rotinas no seu dia a dia e muito autocontrole.

Como planejar e executar um plano para economizar

Cada pessoa tem um objetivo específico para poupar, seja para poder fazer frente a um gasto que não contava, para tirar as sonhadas férias ou somente para ter a tranquilidade de saber que tem uma reserva guardada.

A melhor tática é retirar de 5 a 10% de seus rendimentos imediatamente após receber seu salário, colocar na poupança ou em algum outro tipo de aplicação. Não espere pelo final do mês para ver quanto irá sobrar para então decidir quanto poupar.

Provavelmente você terá uma grande decepção ao ver que não sobrou nada!

Com esse planejamento ativo e não reativo, é mais fácil ter uma vida financeira equilibrada.

Faça uma planilha no computador ou mesmo escreva em um caderno todos os seus gastos mensais obrigatórios e variáveis. Discrimine todo o seu orçamento. Anote todos os seus gastos no dia a dia.

Com certeza você terá uma surpresa com os inúmeros gastos desnecessários que você faz sem mesmo perceber.

Estabeleça metas reais para curto, médio e longo prazo. As de curto prazo devem ser para algum gasto divertido como um passeio ou a compra de algum bem que você tanto sonha.

Isso trará uma sensação de realização e com certeza será de grande incentivo para atingir as metas de médio e longo prazo.

A ideia não é abrir mão completamente dos prazeres da vida e só poupar.

Economize no supermercado

Sem dúvida, a compra do supermercado leva boa parte do seu salário e fica difícil cortar esse tipo de gasto. Com certeza você irá se lembrar de quantas vezes precisou jogar fora alimentos que havia comprado em excesso e acabaram não sendo consumidos devido ao prazo de validade.

Compre somente o que precisa, o mundo não vai acabar amanhã, não é preciso abastecer sua despensa para o mês todo. Com certeza você pode fazer uma compra bem mais racional fazendo uma lista com os produtos realmente necessários e seguindo os conselhos abaixo:

  • Evite ir ao supermercado quando está com fome, você acabará comprando mais do que deve. Isso não é uma lenda urbana e sim fruto de pesquisa.
  • Estude muito bem as ofertas de todos os supermercados da redondeza e observe sempre o preço por quilo.
  • Os supermercados colocam sempre os produtos mais caros na altura da sua vista e mais embaixo os produtos com preço mais barato. Observe isso!
  • Preste atenção nos produtos de marca própria, também chamados de marca branca, que são os da marca do supermercado. Eles geralmente têm preços mais em conta.

Evite os pequenos gastos diários

Os pequenos gastos do dia a dia que nem percebemos também são causadores de grandes surpresas quando você começa a anotar em sua planilha.

O cafezinho pela manhã, um sanduíche quente à tarde ou mesmo aquela vitamina gostosa que tomamos na lanchonete da esquina. É tudo tão baratinho não é mesmo? Engano seu, quando somar esses gastos diários você terá uma surpresa nada agradável.

Você deve se habituar a calcular sempre seus gastos levando em consideração o tempo de um ano. Grandes surpresas acontecerão com certeza. Os 8 reais de gasto do dia significam 160 reais no mês e se pensarmos no ano eles se transformam em 1.920 reais. É assustador não é mesmo?

Se possível, leve sua comida de casa, evitando gastar em restaurantes. Com isso sua refeição e será mais econômica e até mais saudável, já que você controlará os produtos nela e escolherá sua dieta.

Outros gastos podem ser cortados. O cigarro é o mais evidente, já que ele causa um impacto enorme no orçamento e, claro, à sua saúde.

Faça uma revisão geral de suas despesas

Aproveite um fim de semana para esmiuçar todos os seus gastos mensais. Verifique se está gastando muita eletricidade e invista na compra de lâmpadas econômicas. Será que seu plano de telefonia não está caro demais? E o de TV e internet?

Muitos planos oferecem canais que nós nunca assistimos, aliás, nem mesmo sabemos que eles existem. Procure renegociar os valores com as operadoras. Caso você pouco use a TV a cabo, pode ser uma boa optar apenas pelos serviços de streaming, como Netflix e Globo Play.

Comece a utilizar o transporte público ao invés do carro, gastando menos gasolina e estacionamento, além de não ter que pagar os temidos IPVA e seguro.

Evite sair com seu cartão de crédito e pague em dinheiro ou no débito. Isso acabará com as compras por impulso. O cartão de crédito é uma maravilhosa invenção, mas infelizmente é fácil cair em armadilhas e criar dívidas.

As despesas devem ser pagas na totalidade e nunca parceladas. Os juros são enormes e capazes de prejudicar totalmente o orçamento de uma família. Tenha esse cartão de plástico bem guardado na sua gaveta para um caso de necessidade ou para ser usado em uma viagem.

O consumismo desenfreado é com certeza o pior inimigo da poupança e deve ser erradicado da sua vida. Você deve colocar na sua cabeça que a partir de hoje qualquer centavo deve ser economizado para que em determinado momento você possa usufruir dessas economias.

Conclusão

Com disciplina e um objetivo claro e realista é possível economizar muito mais do que você imagina. Organize-se, coloque tudo no papel e se prepare para atingir as metas que você estipulou a curto, médio e longo prazo.

Não se preocupe com os valores, qualquer quantia é válida e isso você perceberá no final de alguns meses. Ainda mais se você conseguir manter os gastos no mesmo patamar depois de conseguir uma promoção no trabalho ou um aumento no salário.

Aqueles trocadinhos somados a outros se tornarão uma quantia bastante significativa. A disciplina e a sua dedicação a levarão a alcançar objetivos que você realmente não pensava em atingir.

Gostou deste artigo? Compartilhe com seus amigos

Compartilhe no Facebook

Tem alguma dúvida ou depoimento? Compartilhe nos comentários

Também pode se interessar por