Dicas para um empréstimo ser a virada do jogo

11.9.2019 (Tempo de leitura: 8 minutos)

Blog

Quando você se decide por um empréstimo, ele tanto pode tirar você de um momento difícil e inesperado, como também pode abrir muitas portas quando o destino desse valor tiver como objetivo um investimento, por exemplo, na abertura de sua empresa ou em uma já existente.

Contudo, todo cuidado é pouco. Essa dívida tem um custo e deve ser paga impreterivelmente no dia do seu vencimento para que você não se torne inadimplente. Tenha essa decisão bem clara, faça todos os cálculos necessários para que possa arcar com essa despesa e tenha um levantamento completo de todas as modalidades existentes no mercado nas mais variadas instituições.

Não se limite somente ao seu Banco. Use um comparador para fazer o melhor negócio possível.

Uma opção de virada de vida

Durante nossa vida surgem situações de emergência. Pode ser uma dívida com taxas de juros muito altas ou mesmo juros sobre juros. Precisamos parar com essa sangria e uma boa solução é encontrar um empréstimo com taxas de juros mais em conta. Assim se cria uma prestação mais barata. Outra necessidade que pode surgir é quando se tem uma empresa e é necessário capital para expandir o negócio.

Quando estamos endividados com o cheque especial ou cartão de crédito, onde os juros andam a níveis estratosféricos, podemos recorrer a um empréstimo com taxas de juros bem mais aceitáveis. Assim ficamos com uma prestação bem mais em conta e dentro do nosso orçamento mensal.

Porém, quando o problema é um orçamento estourado, ou dizendo em português bem claro, gastando mais do que ganhamos, o empréstimo é uma verdadeira pá de cal que irá acabar destruindo ainda mais o orçamento familiar. Eles não devem ser a tábua de salvação para pagar contas do dia a dia e muito menos para ser usado em suas férias de verão.

A educação financeira é de suma importância nessas horas. Em um momento de aperto o que deve ser feito é evitar gastos supérfluos, cortar despesas e reavaliar seu padrão de vida. Um empréstimo nesses casos só irá trazer mais dor de cabeça para você e para sua família.

Um empréstimo consciente poderá ser uma virada de 180 graus na sua vida. Se for bem usado poderá aliviar suas dívidas com o Banco, como dissemos anteriormente, ou para a abertura ou expansão de sua empresa.

Muitas pessoas recorrem aos empréstimos para adquirir um imóvel ou mesmo um carro. Nesses casos você estará adquirindo um bem que lhe trará um benefício real, melhorando sua qualidade de vida e de sua família.

Quando isso ocorrer, procure sempre dar a maior entrada possível para que seu financiamento tenha um prazo menor e dessa maneira você pague menos juros.

O mais importante é que o pagamento das parcelas do empréstimo sejam acessíveis e não uma dor de cabeça todos os meses na hora de pagar a conta.

Quando a sua intenção é abrir um negócio ou expandir um já existente, existem várias modalidades de empréstimos.

Um dos que possuem as taxas mais baratas normalmente são os empréstimos com garantia, que por oferecerem menos riscos aos Bancos ou Financeiras proporcionam juros mais em conta e prazos mais dilatados em relação aos empréstimos tradicionais.

Com um empréstimo desse tipo você poderá finalmente montar aquele negócio que tanto sonhava. Ou dar uma verdadeira reviravolta na sua empresa e partir para um crescimento sustentável.

Não olhe só o valor das parcelas

Para obter as melhores opções em empréstimos e se decidir por um deles, nunca se esqueça que não devemos nos preocupar somente com as taxas de juros, devemos levar em conta também outros fatores.

Todas as instituições na hora de conceder um empréstimo calculam o Custo Efetivo Total (CET) que são a soma dos encargos embutidos na operação como os juros, a taxa de abertura de cadastro, seguro e impostos.

Tenha muita atenção, porque às vezes a taxa de juros de uma empresa parece que é mais barata que as outras. Mas somando os itens acima, a prestação pode se tornar mais cara que os da concorrência.

Então chegamos à conclusão que um empréstimo é a primeira opção em nossas vidas?

É claro que não, afinal de contas você está pegando um dinheiro que não é seu, mas emprestado e isso tem um custo que nunca é barato.

É uma boa opção sem dúvida alguma para certos casos, quando você tem a opção de baratear uma dívida mais alta e principalmente quando a intenção é adquirir sua casa própria a tanto tempo sonhada.

Você não vai passar o resto de sua a vida juntando dinheiro para comprar uma casa, pois seria uma tarefa bastante complicada e estressante e nesse caso um empréstimo é uma excelente opção.

Um bem de tamanha importância seria uma grande virada na sua vida e na de sua família, afinal ter seu próprio teto é uma satisfação difícil de descrever.

Para deixar bem claro em que situações você deverá optar por um empréstimo:

  • Compra de um bem durável (casa, apartamento, terreno)
  • Compra de um automóvel
  • Como aumento de capital na sua empresa para aumento de produção
  • Para abertura de uma nova empresa

Situações que você NÃO deverá optar por um empréstimo:

  • Pagamento de contas do dia a dia, aluguel, etc...
  • Férias e viagens com a família

Enfim, os empréstimos estão no mercado para uma série de situações. Quem deverá escolher como usar é você, então tenha muita responsabilidade na utilização desse recurso.

Quando usado conscientemente poderá abrir muitos horizontes ou mesmo resolver muitos problemas pontuais em sua vida. O que é preciso é saber como usar para trazer benefícios a você e sua família e não mais um problema para resolver no final do mês.

Não devemos esquecer que esse dinheiro não é nosso, ele está sendo emprestado por uma instituição e custa caro. O pagamento deverá ser sempre em dia para não se tornar um peso ainda maior no orçamento.

Se for usado com consciência e bem planejado será um grande empurrão na sua vida e poderá transformá-la completamente para melhor.

Gostou deste artigo? Compartilhe com seus amigos

Compartilhe no Facebook

Tem alguma dúvida ou depoimento? Compartilhe nos comentários

Também pode se interessar por