Itaú

7.6 (8)

Avaliação final:


80 - 50 000 R$

Período de pagamento:


3 meses - 12 meses

Taxa de Juros:


de 1.37 %

Avaliação do produto
Informação básica
Requisitos
Vantagens

Avaliação do produto

7.6

8 avaliações

Velocidade
74%
Aprovabilidade
80%
Confiabilidade
75%

"

Criado em 2008 pela fusão de dois gigantes, o Itaú Unibanco conta com mais de 90 anos de história e é a maior empresa brasileira da atualidade. Com raízes sólidas e sempre em crescimento, segurança e experiência são duas características que aparecem logo de cara. Pensando nas variáveis enormes de valor e tempo disponíveis nessa modalidade de empréstimo, mas sem esquecer as condições para obter o montante, nossa taxa de aprovação para o crédito pessoal Itaú é de 76%

Informação básica

  • Avaliação final 80 - 50 000 R$
  • Período de pagamento 3 meses - 12 meses
  • Taxa de Juros de 1.37 %

Requisitos para obter um empréstimo

  • Ser correntista Itaú (para pedir online)
  • Ser maior de 18 anos, possuir RG e CPF regularizados
  • Comprovante de residência e renda (para não-correntistas) atualizados

Vantagens de empréstimo

  • A opção é mais vantajosa do que depender dos juros de cheque especial ou cartão de crédito
  • Dinheiro na conta corrente em poucas horas
  • Flexibilidade enorme nos valores e prazos
  • Opção de pagar a primeira parcela só depois de 90 dias e estabelecer a data ideal a cada mês

Empréstimo para autônomo

Quando se é um trabalhador independente existem vários objetivos que eventualmente precisam de um dinheiro extra para serem concluídos. E o fato de não contar com um demonstrativo de rendimentos torna mais difícil o acesso a um crédito pessoal. Mas com o uso do empréstimo para autônomo é possível adquirir capital para diferentes finalidades. Os objetivos vão desde uso do recurso para investimento em seu negócio, até aquisição de bens ou tratamentos diversos.

O microempreendedor individual (mais conhecido como MEI) entra nessa categoria de interessado. Ou seja, um autônomo que detenha um Cadastro Nacional de Pessoa Jurídica (CNPJ), fature até R$81 mil por ano, não seja sócio em outra empresa, tenha até 1 empregado e exerça as atividades previstas no Anexo XI da Resolução nº 140 do CGSN, então será considerado MEI.

O uso do empréstimo para MEI pode ser direcionado ao capital de giro da empresa, o qual será pago em parcelas podendo ter garantias ou não. Geralmente as empresas que oferecem dinheiro exigem uma garantia como um imóvel ou veículo. Com isso, caso o autônomo não consiga pagar as suas parcelas uma ação judicial da instituição financeira pode garantir o bem ofertado pelo solicitante como garantia na hora do pedido.

Um termo comum dentro do empréstimo para empresa de autônomo é o microcrédito. Ele nada mais é do que um valor reduzido que é emprestado para o solicitante por uma empresa devidamente credenciada em órgãos legais. Geralmente o valor inicial desse tipo de solicitação é de R$1.000 sendo que o limite dependerá da instituição financeira que o interessado enviar sua documentação para aprovação.

Outra vantagem que empresas que oferecem empréstimo MEI oferecem é a antecipação de recebíveis. Para microempreendedores isso pode ser uma ótima opção. Pois faz com que os valores que foram pagos parcelados sejam recebidos antecipadamente. Com isso o pequeno empreendedor terá recursos líquidos em caixa para adquirir novos bens de investimento para seu negócio ou aumentar o seu estoque.

Por fim, mas não menos importante, o empréstimo online para autônomos é uma ótima opção para quem não tem tempo de se deslocar até uma agência física para solicitar créditos. A modalidade digital permite maior flexibilidade e o mesmo grau de negociação, sem necessariamente exigir horas no trânsito até chegar ao local que o solicitante deseja obter o dinheiro.

Vantagens de empréstimo para autônomo

  • Forma de adquirir capital para investimento como microempreendedor
  • Diversas instituições oferecem esse tipo de serviço, aumentando a chance de negociação de taxas de juros
  • Pouca burocracia para ser aprovado
  • Possibilidade de adquirir antecipação de recebíveis

Desvantagens de empréstimo para autônomo

  • Exigência de garantia física para liberação do dinheiro, como imóveis e automóveis
  • Poucas formas disponíveis para pagar as parcelas do crédito, dentre as mais comuns estão: boleto e débito em conta
  • Caso não consiga comprovar renda será necessário informar um fiador ou grupo solidário para solicitar o empréstimo

Perguntas frequentes

A taxa de juros para o microempreendedor tende a ser inferior a dos empréstimos tradicionais disponíveis no mercado. O valor varia, geralmente, entre 2 e 4%. Por ser uma forma de crédito que rotineiramente não envolve grandes quantias financeiras, as taxas costumam ser mais simples de serem controladas por parte do MEI.

Cada instituição tem uma regra específica. Mas de um modo geral você terá que apresentar informações como: Certificado de Condição de Microempreendedor Individual, Registro Geral (RG), Cadastro de Pessoa Física (CPF) e um comprovante de endereço. Em alguns casos você também deverá apresentar a Certidão Simplificada da Junta Comercial.

Existem situações nas quais o MEI precisará de recursos extras para poder investir e fazer seu pequeno negócio crescer. Dentre os motivos que fazem um autônomo buscar crédito estão a obtenção de capital de giro, investimentos em bens para aumentar a produção do negócio e quitação de dívidas e/ou aquisição de estoques.

Um diferencial de pessoas autônomas é que elas não possuem informe de rendimentos, como holerite, por exemplo. Porém o extrato bancário com entradas frequentes de recursos pode ajudar a comprovar para o banco ou instituição financeira que você tem condições de arcar com as parcelas do crédito.

No momento da solicitação do crédito para o seu negócio possivelmente serão exigidas garantidas para que a empresa que está oferecendo empréstimos possa usá-las caso as suas parcelas não sejam pagas. Geralmente são exigidos veículos ou imóveis, dependendo das diretrizes da instituição financeira e do valor solicitado.

Nossos parceiros